Eshmir — Fórum RPG
Chatbox

Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Taverna Dragão Bêbado

Ir à página : Anterior  1, 2, 3

Ir em baixo  Mensagem [Página 3 de 3]

51 Re: Taverna Dragão Bêbado em Qui Dez 25, 2014 1:01 am

Ulf efetuou 1 lançamento(s) de dados D20 (Imagem não informada.) :
13

Ver perfil do usuário

52 Re: Taverna Dragão Bêbado em Sex Dez 26, 2014 10:32 pm

A bebedeira do Anão o fez ter mais coragem do que o comum, fazendo-o encarar Ulf ao desviar sua investida e desferir um golpe contra a boca de seu estomago enquanto soltava uma gargalhada podre com gosto de cevada.

— Hahahahaha! Que deliciaaaaa!

Ver perfil do usuário

53 Re: Taverna Dragão Bêbado em Sab Dez 27, 2014 12:00 am

Mesmo bêbado, o maldito tolo se provava horrivelmente ágil, fazendo com que sentisse a pancada através do corte feito na armadura. Aquele homem a minha frente, mal parecia se lembrar que ainda tinha caçadores atrás de sua cabeça, que a poucos instantes graças a estes mesmos caçadores ele havia sido atirado na masmorra, sendo salvo apenas por ter rastejado para o lugar certo, o maldito tolo que era Björn precisa de algum juízo na cabeça. Lentamente removeria a pesada claymore das costas e a apoiava contra o chão e a bancada, seria difícil demais me segurar a usando, em seguida tocava o cabo da espada bastarda atada ao cinto.

- Creio não ter me feito claro o bastante. Björn você me guiará até a mina com suas pernas, ou amarrado em um saco, é bom fazer a escolha certa.

Falaria ameaçando-o com a espada em riste. Manteria a base bem fixa, para caso atacasse saltar para longe do golpe girando o corpo para longe de um punho ou garrafa. De toda atacaria o anão com a lateral da espada, mirando sua cabeça contra a parte não laminada, não para cortar e sim para atingi-lo com o impacto mirando arrancar alguns dentes do anão.

Ver perfil do usuário

54 Re: Taverna Dragão Bêbado em Sab Dez 27, 2014 2:00 am

Vendo a reação que o anão teve a "intimidação" de Ulf, eu percebia que aquele não seria o melhor modo de convencê-lo a fazer algo. Entretanto, sabia exatamente o que iria ajudar a fazer com que ele nos levasse onde queremos. Abraçaria o anão pelas costas, tentando apertar meus seios contra seu corpo para que ele os sentisse, enquanto o abraçaria colocando minhas mãos em seu peitoral. Em seguida, diria a Ulf dando uma piscadela:

- Ulf, Éris me ensinou que essa não é a maneira certa de fazer as coisas. Sei que o senhor anão vai ser muito gentil e nos levar até essas masmorras...

Tentaria dizer aquilo bem próximo do ouvido do anão, para que pudesse prestar bem atenção no que eu dizia. Ainda que estivesse bêbado.

Ver perfil do usuário

55 Re: Taverna Dragão Bêbado em Sab Dez 27, 2014 9:07 pm

Björn corou enquanto abriu um sorriso malicioso ao sentir os seios de Liz nas suas costas.
— Oh sim, tem razão. Eu terei o maior prazer de leva-los até la! Por falar nisso.. já poderíamos estar indo, não? Apenas vamos deixar a noite cair e ent.... — O Anão tombou contra a mesa, havia bebido mais do que podia.

Acordou varias horas depois com Liz e Ulf ao seu lado. Estava zonzo e um pouco desnorteado, mas mesmo assim recobrou a consciência normalmente.

— Argh, droga!

Ver perfil do usuário

56 Re: Taverna Dragão Bêbado em Sab Dez 27, 2014 9:25 pm

Tinha de segurar todo o impeto sentido quando via o anão tombando, ataca-lo desmaiado seria apenas manchar a honra que carregava nas costas. Embainhava ambas as espadas que carregava, sendo a bastarda na cintura, e a claymore as costas. Sentava-me novamente apenas esperando por longas horas até que o anão acordasse, era estranho que Azenum não tivesse entrado de rompante na taverna, ao visto ele parecia ter decidido ir embora.

- Então finalmente está de pé? Björn da próxima vez, corto sua cabeça antes que comece a beber. Agora ande logo, perdemos muito tempo e os caçadores já devem estar a nossa frente.

Ver perfil do usuário

57 Re: Taverna Dragão Bêbado em Sab Dez 27, 2014 10:04 pm

Começava a acariciar minhas têmporas depois que o anão caía desmaiado. Para ser sincera, começava a achar que a "jornada" na qual Ulf me jogara não passava de uma grande furada. Não me entenda errado, eu gosto muito de Ulf e o considero um grande amigo, mas nunca fui de ficar muito tempo parada em um só lugar. Pacientemente eu me sentava ao lado dele e esperava por várias horas, até que aquele anão idiota acordasse. Ele já estava me dando nos nervos.

- Será que dessa vez podemos ir? Já estou começando a adquirir o mesmo formato que esta cadeira, e isso não é bom.

Dizia aquilo já claramente impaciente pela demora e a perda de tempo que aquilo estava sendo até agora.

Ver perfil do usuário

58 Re: Taverna Dragão Bêbado em Sab Dez 27, 2014 10:15 pm

O Anão se levantava tentando recobrar seu senso de equilíbrio.

— Você tem razão, já deveríamos estar a caminho da mina! Vamos, não vale a pena perder mais tempo aqui.

Ainda cambaleando, foi andando rente a saída da taverna.

Ver perfil do usuário

59 Re: Taverna Dragão Bêbado em Sab Dez 27, 2014 10:20 pm

- Ahh, finalmente. Isso já estava bem chato.

Dizia aquilo com um suspiro de alívio, enquanto olhava para Ulf para descobrir se ele também estranhava o fato de o anão estar agindo normalmente depois de tudo o que aconteceu naquela taverna. Me levantava e então começaria a seguir o anão.

Ver perfil do usuário

60 Re: Taverna Dragão Bêbado em Sab Dez 27, 2014 10:45 pm

Suspirava em reprovação silenciosa ao anão, caminhando em seguida para fora da taverna junto dos outros dois.

Ver perfil do usuário

61 Re: Taverna Dragão Bêbado em Sab Dez 27, 2014 11:12 pm

Alterax

avatar
Admin
O anão, ainda atordoado, apoiou-se contra o corpo do rapaz novamente, anunciando — Veja bem, rapaz. Eu não vou levar-lhes até a caverna até porque não têm chances contra eles. — Exclamou o anão, não mais apoiando-se no rapaz, agora capaz de se equilibrar através dos próprios esforços contra o pouco álcool que restava em seu organismo.

Björn soltou um suspiro melancólico, colocando a mão esquerda sobre a testa, massageando as têmporas — Nós vamos até Hammerfall e nos direcionaremos até o conselho. — Fez uma pausa, suspirando — Precisamos alertá-lo do que houve e nada mais. — Determinou, ajeitando-se em seu traje e limpando a neve que havia sujado seus equipamentos superiores quando caiu na neve.

Deu as costas para Ulf e Liz e seguiu rumo à Hammerfell. Após distanciar-se um pouco, acaba por tropeçar e cair de cara contra a neve. Levantou-se frustrado e se lembra de um importante detalhe: O álcool ainda não havia saído totalmente de seu corpo.

Ver perfil do usuário http://eshmir.forumeiros.com

62 Re: Taverna Dragão Bêbado em Sab Dez 27, 2014 11:22 pm

Apoiava a mão contra o ombro do anão, impedindo seu avanço. Não queria saber sobre o que ele planejava ou deixava de planejar, não tinha tempo para perder com futilidades ou alertando autoridades, quanto mais rápido conseguisse algo de valor, mais rápido poderia voltar a me reunir com a senhorita Saya, terminando por fim a missão que havia começado.

- Se quer ir alertar as autoridades assim seja, preciso ir a mina de uma forma ou de outra, talvez o que procure esteja lá e é um risco que estou pronto a correr. Indique o caminho que irei sozinho se necessário.

Ver perfil do usuário

63 Re: Taverna Dragão Bêbado em Sab Dez 27, 2014 11:31 pm

Sacava minha espada e encostava levemente a sua lâmina contra o pescoço do anão, pela primeira vez meu olhar estava completamente sério, mostrando meu lado mais frio. Eu com toda a certeza não ia ter jogado todo aquele tempo na taverna fora, e também não pretendia perder esta chance de encontrar a espada.

- Senhor anão... Faça o favor de nos mostrar o caminho... AGORA!

Ver perfil do usuário

64 Re: Taverna Dragão Bêbado em Sab Dez 27, 2014 11:37 pm

Alterax

avatar
Admin
O anão vira seu rosto e olha de relance para Liz, que havia desembainhado sua espada e colocado-a rente à seu pescoço — Se uma gota de meu sangue for derramada, aquele cara lá dentro da taverna — estendeu o braço, apontando o dedo para o estabelecimento — Vai arrastar seu martelão até aqui e esmagar essas picadas de mosquito que você chama de peitos — Alertou, estressado. Com sua luva de malha de correntes, segurou a lâmina de Liz e afastou-a de si, continuando seu caminho e ignorando Ulf.

Ver perfil do usuário http://eshmir.forumeiros.com

65 Re: Taverna Dragão Bêbado em Dom Dez 28, 2014 12:32 am

Tocava com a mão enluvada o ombro de Liz, parando a ação da garota em uma reprovação feroz com os olhos. Não acreditava que a ação dela havia sido tão impensada, como poderia uma cavaleira apontar a arma contra alguém desarmado daquela forma? Não era um combate era apenas coação.

- Colhemos o que plantamos Liz, se quiser ser tratada como decentemente, pense antes de agir e aprenda com seus erros antes de voltar a agir, fique aqui que consertarei a situação. Falaria as palavras a abandoando repentinamente. - Björn, preciso encontrar aquela mina o mais rápido possível, não lhe impeço de ir atrás de seu objetivo, apenas quero direções. Aponte onde está a mina e ficara livre de nós.

Ver perfil do usuário

66 Re: Taverna Dragão Bêbado em Dom Dez 28, 2014 12:36 am

Ouvia o discurso de Gregar, parecia ser algo muito importante sobre honra e tudo mais mas, infelizmente tudo o que eu ouvia era "blá blá blá cavaleiro chato blá blá blá sou certinho blá blá blá mata logo esse anão". Entretanto, eu resolvia me controlar por um tempo. Sabia muito bem o que devia chegar naquela mina antes de qualquer outra coisa. Voltando minha espada a bainha, apenas iria atrás de Ulf enquanto escutava a resposta que o anão daria para ele.

Ver perfil do usuário

67 Re: Taverna Dragão Bêbado em Dom Dez 28, 2014 1:10 am

Alterax

avatar
Admin
Liz, Ulf e Björn surpeendem-se com o surgir de um grande e imponente - também monstruoso, diga-se de passagem - cavalo sendo conduzido por um jovem de curtos e lisos cabelos e de tez lívida. Embora o frio fosse agonizante e a neve contínua, isto não era nada para as inexpugnáveis e vigorosas chamas que queimavam constantes da montaria do rapaz, que acena para Ulf, com um macabro sorriso em rosto.
— Ei, boiola! — Gritou o rapaz.




Aproveitando-se da situação que acaba de acontecer e utilizando-se do fator distração, o Anão desaparece em meio à neve cadente, rumando à seu reino: Hammerfell.




Ver perfil do usuário http://eshmir.forumeiros.com

68 Re: Taverna Dragão Bêbado em Dom Dez 28, 2014 1:27 am

Olhava incrédula para Ulf quando percebia que o anão desapareceu. Em seguida, um olhar de ódio se voltava para o homem no cavalo. Eu não estava nem aí para quem ele era, mas com toda a certeza eu iria derrubá-lo daquela montaria e subir naquele cavalo bizarro, iria diretamente para Hamerfell atrás de um certo anão.

- É Ulf... Acho que o anão iria aderir com mais facilidade ao MEU plano. Conversar com ele, não é? Ótimo trabalho. E quem é seu amigo?

Dizia em tom sarcástico enquanto segurava o cabo da espada tentando controlar minha raiva. Sabia que aquele homem estranho estava ali para ajudar o anão, mas antes queria saber o que exatamente eu estaria enfrentando.

Ver perfil do usuário

69 Re: Taverna Dragão Bêbado em Dom Dez 28, 2014 10:49 am

- Seus planos envolviam ameaçar e assassinar um anão desarmado, se mata-lo é exatamente o que os caçadores desejam, por que eu o faria? Perguntava retoricamente a Liz, ignorando qualquer hostilidade em sua voz e a retribuindo com a gélida calma. - Vejo que conseguiu sua invocação Azenum, um pouco mais tarde do que esperava ver, mas ainda assim, é um animal fascinante. Me viraria para Liz. - Este é Azenum, um mago que havia sido capturado no calabouço, e esta é Elizabeth, membro da mesma ordem da qual faço parte.

Ver perfil do usuário

70 Re: Taverna Dragão Bêbado em Dom Dez 28, 2014 3:33 pm

Alterax

avatar
Admin
— É, realmente demorou um pouquinho para poder invocar o garanhão, mas... — Azenum debruçou-se, afagando a cabeça e passando a mão minunciosamente pelos grandiosos chifres que o animal tinha. As chamas dele emanadas pareciam não afetar o Invocador.
— Apenas passei aqui para agradecê-lo por me salvar de lá — Azenum fez uma pausa e estendeu seu braço para Ulf, sugerindo um amigável aperto de mãos — Vou em direção à Valiant, um lugar além das florestas élficas. — Explicou. Apressado, Azenum induz seu animal a recuar e despede-se de Ulf com um breve gesto com a mão esquerda.

Após endireitar-se sobre animal, começa a galopar velozmente em direção ao sul.

Ver perfil do usuário http://eshmir.forumeiros.com

71 Re: Taverna Dragão Bêbado em Dom Dez 28, 2014 8:14 pm

- E agora? Eu estava pensando em ir para Hammerfell encontrar o nosso pequeno problema. Você ainda pretende alcançar essas tais minas, não é? Seria bom ter companhia para a viagem.

Dizia aquilo para Ulf depois que via o grandalhão sair com seu cavalo. Para ser sincera, eu poderia retrucar seu comentário anterior e dizer que ele nunca chegou a sequer citar caçadores ou do que estavam atrás, quanto mais o fato de não podermos matar o anão. Mas eu resolvi continuar em silêncio quanto a isso por enquanto.

Ver perfil do usuário

72 Re: Taverna Dragão Bêbado em Dom Dez 28, 2014 9:53 pm

Removia a mascará do rosto, aceitando com uma surpresa muda o aperto de mão de Azenum, era inesperada uma atitude como aquela partindo de alguém que parecia se importar tão pouco, ao que indicava havia julgado mal o garoto.

- Desejo-lhe a melhor das sortes em seu caminho meu amigo. Era uma pena perder um potencial de poder tão grande quanto aquele, mas não poderia força-lo a ficar, apenas observava o mago se distanciando enquanto acenava com a cabeça em despedida. - Sim e não, partirei para Hammerfell por ser o mais próximo de cidade, mas não perderei mais tempo com a busca pelas minas, possuo outra missão a cumprir, e creio que você também Liz. Falaria colocando-me em direção a cidade com a mascará sobre o rosto.

Ver perfil do usuário

73 Re: Taverna Dragão Bêbado em Dom Dez 28, 2014 11:15 pm

- Fala da espada? Sim, eu tenho esta missão. Mas esperava ter alguma chance de encontrar isso nas minas. A senhorita Éris não me disse nenhum detalhe além do que te contei, disse que encontrar a espada sem nenhuma outra informação era parte do teste.

Começava a andar ao lado de Ulf. Eu não fazia ideia de onde ficava Hammerfell, por isso seguí-lo era a minha melhor opção no momento.

Ver perfil do usuário

Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo  Mensagem [Página 3 de 3]

Ir à página : Anterior  1, 2, 3

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum