Eshmir — Fórum RPG
Chatbox

Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Taverna Serpente Negra

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Ir em baixo  Mensagem [Página 7 de 9]

151 Re: Taverna Serpente Negra em Seg Nov 24, 2014 11:34 pm

— Ok. — pego o frasco do garoto, deixando algumas moedas de preta ao lado. — Obrigado.

Querendo repostas, abro o frasco, e sem ao menos sentir o seu odor bebo todo o líquido.

Ver perfil do usuário

152 Re: Taverna Serpente Negra em Ter Nov 25, 2014 12:11 am

Alterax

avatar
Admin
Um extenso portal negro se abre na parte superior do local, tendo seu centro exatamente em Klagane. Ele emitia uma constante ressonância de energia sombria e uma fumaça preta emanava suavemente dalí. Várias sombras em forma de pequenas esferas flutuantes começam a movimentar-se agitadas pelo local, quando subitamente um grandioso braço demoníaco se estende e agarra o pescoço de Klagane, enforcando-o e arrastando-o a força para dentro do portal, que permanece aberto por questão de segundos.

Ver perfil do usuário http://eshmir.forumeiros.com

153 Re: Taverna Serpente Negra em Ter Nov 25, 2014 11:35 am

Quando estava prestes a pegar as moedas de prata, noto a atitude estúpida de Klagane.

— É inseguro beber o líquido sem saber o efeito dele, seu idio-- — Quase quando completei minha fala, notei o enorme portal negro que havia surgido em questão de segundos ali, e dava para notar que emanava uma aura um tanto sombria. Em seguida, noto que o homem estava sendo arrastado a força para dentro do portal, por um braço demoníaco e gigante. Por conta do susto, fiz um movimento brusco em cima do banco, que acabou por cair e me derrubar para dentro do portal.

Ver perfil do usuário

154 Re: Taverna Serpente Negra em Sex Nov 28, 2014 12:21 am

Alterax

avatar
Admin
O portal se fecha.

Ver perfil do usuário http://eshmir.forumeiros.com

155 Re: Taverna Serpente Negra em Sex Nov 28, 2014 6:18 pm

Leonis andava normalmente pela rua até olhar na direção da taverna e ver uma pequena bagunça, se pergunta se o barman viu o que aconteceu.
Logo após entrar percebe que alguém deixou algumas moedas de prata e um rápido e sutil movimento às pega e sai da taverna normalmente.

Ver perfil do usuário

156 Re: Taverna Serpente Negra em Qui Dez 25, 2014 7:00 pm

— Hey! — Disse o garoto que adentrou a taverna, pouco depois de se apresentar nos portões, deixando sua montaria do lado de fora desta. Era visível o cansaço depois da viagem do garoto que foi direto ao balcão, onde continuou, para o balcão e falou com a atendente já conhecida.

— Hey, a quanto tempo, não ? — Disse em tom de brincadeira e continuou — Quanto está o quarto mais barato por uma noite ? Tem algum disponível ?

Ver perfil do usuário

157 Re: Taverna Serpente Negra em Qui Dez 25, 2014 7:27 pm

A moça logo virou para o rapaz, reconhecendo instantaneamente seu curioso braço.

— Oh, realmente... Quanto tempo, não? Já estava me perguntando se um dia lhe veria novamente. Passou aqui apenas para um singelo comprimento? — Riu. — Sim sim, temos um quarto disponível logo a cima. Para você, não faço mais do que 50 pratas. — Continuou sorrindo.

Ver perfil do usuário

158 Re: Taverna Serpente Negra em Qui Dez 25, 2014 7:33 pm

O garoto então deixou uma peça de ouro e subiu para o quarto. — Desculpe os modos, mas realmente preciso de uma boa noite de descanso. — Ele então trancou a porta do quarto e se deitou para dormir, pegando logo em breve no sono.

Ver perfil do usuário

159 Re: Taverna Serpente Negra em Qui Dez 25, 2014 7:35 pm

Ela pegou a moeda em espanto e riu. — Esta abastado, heim? — Disse enquanto o via subir para o quarto. Voltou para o balcão a fim de limpar os copos.

Ver perfil do usuário

160 Re: Taverna Serpente Negra em Qui Dez 25, 2014 7:47 pm

Após uma noite revigorante o garoto acorda se sentindo descansado, ele veste suas roupas rasgadas, junta todas suas coisas e então desce para o balcão, onde se senta e pede água e pão.
Enquanto aguardava passou a pensar sobre seu passado, e sequer notou que quando foi servido soltou uma frase.
— Obrigado. — disse de forma sutil e sem perceber. Voltando a si, ele tratou de se alimentar rapidamente e ir para o castelo, se apresentar a milicia.

Ver perfil do usuário

161 Re: Taverna Serpente Negra em Qui Dez 25, 2014 7:54 pm

Enquanto se virava para a porta, a garota veio correndo em sua direção, aos berros, enquanto seu peito ofegava e o suor escorria por sua pele. — Espere! Por favor, espere! Ele esta aqu... — A frase foi interrompida por um berro enquanto o sangue jorrou por entre a madeira das mesas na taberna. O silencio havia tomado conta, não havia mais ninguém ali alem do garoto e o corpo inconsciente da menina.

Ver perfil do usuário

162 Re: Taverna Serpente Negra em Qui Dez 25, 2014 8:01 pm

Quando percebeu, não demorou para que Chrom puxasse sua nova espada se virando para a origem do grito, ao ver o sangue jorrar, ele fez com que sua magia reforçasse as tochas e velas do local iluminando tudo. Sua espada emitia uma aura gélida que aos poucos ia resfriando o local, ele segurava forte o cabo da sua espada e com os olhos buscava qualquer movimento no local, depois de tanto tempo e luta na caverna, ele havia se acostumado a batalha e seus reflexos estavam ainda mais apurados, seus pés estava pouco afastados um do outro e suas pernas flexionadas, assim que percebesse um movimento o garoto iria agir.

— Vamos, apareça!

Ver perfil do usuário

163 Re: Taverna Serpente Negra em Qui Dez 25, 2014 8:05 pm

Sorry dude, no dados for u ?

Ver perfil do usuário

164 Re: Taverna Serpente Negra em Qui Dez 25, 2014 8:05 pm

Alterax

avatar
Admin
O membro 'Chrom' realizou a seguinte ação: Lançar dados

'D20' : 2

Ver perfil do usuário http://eshmir.forumeiros.com

165 Re: Taverna Serpente Negra em Qui Dez 25, 2014 8:11 pm

Mesmo no dia, a taverna estava parcialmente escura por conta das janelas fechadas. Aquilo trazia uma sensação familiar ao garoto, que se lembrava das cavernas de onde havia passado. Um vulto se moveu em meio a escuridão e logo sumiu, outro partiu logo em seguida, vindo com um grunhido desagradável e agudo. Era obvio que alguma coisa estava ali.

Chrom precisaria usar seus reflexos noturnos a fim de identificar o que poderia estar naquele local. Os vultos, por mais rápidos que fossem, tinham uma forma pequena, não subindo uma estatura de mais de 1m de altura. Os sons desagradáveis se faziam mais e mais nítidos enquanto ao mesmo tempo mais dispersos, pois ecoavam por todo o local.

Ver perfil do usuário

166 Re: Taverna Serpente Negra em Qui Dez 25, 2014 8:19 pm

O garoto ao perceber a movimentação, chutou a porta com sua perna como em um coice, escancarando ela para que luz adentrasse ao local, ele pode perceber que dentre os vultos se mexendo todos eram baixos e tinham uma altura semelhante as das mesas, o que facilitava a perda deles. Já com a porta aberta e ainda com guarda alta, o garoto aguardou certo tempo ainda preparado e então gritou:

— GUARDAS!!! — Ele então saltou girando no ar e desferindo um forte e ágil golpe na silhueta.

Ver perfil do usuário

167 Re: Taverna Serpente Negra em Qui Dez 25, 2014 8:20 pm

nope.txt:
dados, so much dados bugados.

Ver perfil do usuário

168 Re: Taverna Serpente Negra em Qui Dez 25, 2014 8:20 pm

Alterax

avatar
Admin
O membro 'Chrom' realizou a seguinte ação: Lançar dados

'D20' : 14

Ver perfil do usuário http://eshmir.forumeiros.com

169 Re: Taverna Serpente Negra em Qui Dez 25, 2014 8:27 pm

No momento em que aporta se abriu, o vulto foi iluminado em cima das mesmas. Uma pequena criatura horrenda, com sangue escorrendo de sua boca e manchado em suas pequenas garras. A luz do sol queimou suas retinas e a reação do mesmo foi saltar para a escuridão sumindo outra vez. A golpe de Chrom foi efetivo e rápido, mas não tão rápido quanto o modo como a criatura se movia, parecendo até mesmo se teletransportar entre a taverna, pelo menos foi o que se viu. O corpo da garota começou a ser rastejado pelo chão, entrando na cozinha do bar enquanto formava uma pincelada longa de sangue pelo chão.
Ainda nesse momento, os guardas que viram Chrom chamar vieram correndo em sua direção, eram tres no total. Um deles se aproximou em desespero. — O que aconteceu, soldado?



Última edição por Narrador Wolffen em Qui Dez 25, 2014 8:34 pm, editado 1 vez(es)

Ver perfil do usuário

170 Re: Taverna Serpente Negra em Qui Dez 25, 2014 8:34 pm

Desacordado, me levantei, olhando em volta. Precisei de um tempo para fazer esta ação, além de que precisei fazer um pouco mais de força do que faria normalmente. Mexi meu rosto de lado a lado para ver aonde estava e com isso senti uma dor localizada em minha cabeça, um pouco acima de minha orelha. Pus a mão no local machucado, na tentativa de diminuir a dor.

Instantes depois, notei que estava na taverna serpente negra, em um corredor, provavelmente em algum andar acima da taverna. Procurei pela escada, para poder descer, e segui até o andar abaixo do que eu me encontrava até agora. Chegando naquele andar, encarei um homem chutando uma porta aleatória, e entrando na sala que havia aberto. Atrás do homem, haviam três guardas, provavelmente seguindo-o. Estranhei o comportamento, e deixei minha mão preparada no cabo de minha lança. No momento em que ouvi o grito do homem, dei um passo para atrás, pelo susto. Mas logo continuei, até poder ver o que estava acontecendo na sala.

Ver perfil do usuário

171 Re: Taverna Serpente Negra em Qui Dez 25, 2014 8:50 pm

— Há algo aqui soldados. Eu passei a noite aqui e estava indo embora quando ouvi um grito — Ele então apontou para o rastro de sangue que passava pelo salão indo para a cozinha. — Eu não percebi a tempo e só fui noticiado do que estava acontecendo com o grito da atendente, que foi morta por algo disto — E então apontou para o monstro morto. Ele então brandiu sua espada enquanto pensava e observava cada detalhe do trio que adentrou ao local, não demorou muito para que tivesse um julgamento em sua mente e então se virou para a cozinha de novo.

— Vamos entrar, dois de vocês vem comigo, o menos apto a encarar, que vá avisar a milicia sobre oque acontece aqui, este pode não ser um caso isolado, então a cidade e seus cidadães correm perigo. — Ele andava aos poucos ainda atento e tomando a frente dos guardas, e pode perceber que alguém lhe observava.

— Quem quer que seja ai, se não houver como defender a si mesmo, apenas fuja, não tenho a minima ideia do quão perigoso essas coisas podem ser. E seguiu avançado para a cozinha aos poucos sempre atento e empunhando firmemente a espada, em busca de qualquer relance com os olhos.

Ver perfil do usuário

172 Re: Taverna Serpente Negra em Qui Dez 25, 2014 9:00 pm

Estranhei os berros de comando do homem, como algo poderia ser tão perigoso e estar escondido em um lugar tão pequeno como na taverna? Essa pergunta foi o bastante para concluir que seja lá o que tivesse lá, deveria ser levado a sério. Então, no mesmo segundo, retirei minha menor lança, já que o local era apertado, não seria muito favorável lutar com uma lança longa.

Não sabia se os últimos berros foram para mim, então decidi ficar em silêncio e continuar seguindo para a taverna. Quando chegasse perto o bastante para entrar, esperaria o guarda sair e entraria com a lança preparada para atacar.

Ver perfil do usuário

173 Re: Taverna Serpente Negra em Qui Dez 25, 2014 9:02 pm

Quando um dos tres guardas correu até a porta, outro vulto laceou sua cabeça, o jogando contra a escada enquanto o sangue jorrava e os gritos ecoavam pelo salão. A mesma porta se fechou com um estrondo e mais grunhidos se fizeram nitidos perante os tímpanos de Chrom e K'hael.

Chrom via o corpo morto da criatura enquanto os outros dois soldados se assustaram com o rosto agora desfigurado do terceiro, completamente ensanguentado. O corpo do mesmo caia jogado na escada.

— O que é isso? Santa Mãe...

Um deles olhou para a criatura morta a franziu o cenho em horror. — É um Diabo dos Sonhos. Temos que sair daqui! Vamos morrer!

— Um o que? O outro perguntou ainda em desespero enquanto mantinha a espada empunhada. Um Imp Sombrio, são conhecidos como Diabos dos Sonhos. Criaturas noturnas, mas achei que não passavam de historias. Eles se alimentam de um liquido especifico que fica em nosso cérebro. Por isso comem as cabeças. Temos que sa.... — Foi quando mais vultos cercaram a cozinha, um espaço apertadíssimo, sem conseguir dar mobilidade alguma a Chrom e os outros guardas. As pequenas silhuetas atacaram em berros agudos os homens e Chrom, disferindo mordidas e arranhões que mais pareciam retalhadores em massa.

Mais silhuetas saltaram do balcão enquanto olhavam para K'hael no andar de cima. E logo saltaram perante as escadas para tentar pega-lo!

Ver perfil do usuário

174 Re: Taverna Serpente Negra em Qui Dez 25, 2014 9:14 pm

Assim que percebeu a aproximação de seus inimigos, Chrom tratou de girar sua espada em um golpe extremamente rápido, cortando os inimigos a sua frente ao meio, impedindo que chegassem ao seu grupo.

— Seja o que diabos for, já me irritaram o suficiente para suplicar pelo perdão da vida. Ele então apertou ainda mais firme o cabo de sua espada e usou de sua magia para trazer chamas em volta do grupo, formando uma barreira de fogo curta mas o suficiente para fazer qualquer coisa pensar duas vezes antes de avançar, embora não fosse alta, esta ficava na altura da cintura dos homens e poderia a qualquer momento subir ainda mais.


— Hey, você! Venha até aqui. Se me lembro bem o primeiro que matei recuou quando a luz bateu nele!

Ver perfil do usuário

175 Re: Taverna Serpente Negra em Qui Dez 25, 2014 9:14 pm

Alterax

avatar
Admin
O membro 'Chrom' realizou a seguinte ação: Lançar dados

'D20' : 8, 3

Ver perfil do usuário http://eshmir.forumeiros.com

Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo  Mensagem [Página 7 de 9]

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum