Eshmir — Fórum RPG
Chatbox

Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Estábulos de Hyacinth

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4

Ir em baixo  Mensagem [Página 4 de 4]

76 Re: Estábulos de Hyacinth em Ter Dez 30, 2014 2:01 am

O velho semicerrou os olhos novamente enquanto cerrou os dentes outra vez.

— FEDELHO! Se quer a porra do cavalo, venha para cima de mim de uma vez!

Ver perfil do usuário

77 Re: Estábulos de Hyacinth em Ter Dez 30, 2014 2:09 am

Oh! Muitíssimo Obrigada! — Alargou os lábios em um sorriso. Pegou o dinheiro enquanto ele preparava a égua e o entregou assim que pôde. — Olá Arch, vamos ser amigas, certo, menina? — Sorriu enquanto acariciava o animal.

Bom, obrigada mais uma vez, e tenha um bom trabalho! — Acenou para o rapaz, já montada na égua.

E partiu para Durenor.

Ver perfil do usuário

78 Re: Estábulos de Hyacinth em Ter Dez 30, 2014 2:11 am

Chrom por certo momento recuou, não era de seu feitio atacar alguém de idade tão avançada e com dificuldades para se mexer, mas pouco tempo depois ele pensou bem, o velho estava chamando e preparado para isso, também o havia ofendido diversas vezes o que levava a ele certo ódio, porém nada extremo, ele então anunciou seu movimento e o fez.

— Você é quem manda, espero que isso faça valer.

Ele correu rapidamente até o velho onde com a espada fez um corte em diagonal contra a base do suporte de mão da bengala, tentando cortar no meio e encaixou um corte para cima na região do velho ao mesmo tempo que seguia avançando com a espada, tentando aumentar a profundidade do possivel corte.

Ver perfil do usuário

79 Re: Estábulos de Hyacinth em Ter Dez 30, 2014 2:41 am

Quando Chrom se aproximou, o velho simplesmente bateu a bengala no chão. No mesmo momento uma esfera de magia braca o cercou junto a Chrom, que teve seu crucifixo elevado sobre o peito. O mesmo brilhou intensamente, fazendo o guerreiro se distrair com tanta luz.

O velho se aproximou ainda cambaleando sobre a bengala e então olhou para o Crucifixo ascendente.

— Você é abençoado, hum? Porque não disse antes, fedelho?

Ver perfil do usuário

80 Re: Estábulos de Hyacinth em Ter Dez 30, 2014 2:51 am

Quando o garoto decidiu avançar, ele simplesmente parou e ficou admirado, pois no momento de seu avanço, o senhor a sua frente fez um movimento com a bengala que lhe puxou o crucifixo do peito e provocou uma luz, o velho então lhe questionou sobre sua benção de infância.

— Porque você simplesmente não perguntou, não é algo que eu saio por ai dizendo neste mundo corrompido. — Ele então parou e disse em um tom calmo e sereno, enquanto ficou parado observando a luz junto ao velho durante certo tempo e depois continuou — E então vai mesmo querer que eu lhe ataque ou me vender teu cavalo ?

Ver perfil do usuário

81 Re: Estábulos de Hyacinth em Ter Dez 30, 2014 2:57 am

O velho o olhou com certo desdem. — Eu te derrubaria em apenas um movimento, moleque! — Então começou a andar até uns arbustos. — Venha, fedelho, me siga.

Ver perfil do usuário

82 Re: Estábulos de Hyacinth em Ter Dez 30, 2014 3:05 am

— Eu acredito no senhor e sua experiencia. — Retrucou o jovem com um sorriso no rosto, estava feliz de não ter de continuar a lutar contra o homem a sua frente, ele então apenas ouviu a outra reclamação do homem e o seguiu até os arbustos.

Ver perfil do usuário

83 Re: Estábulos de Hyacinth em Ter Dez 30, 2014 3:39 am

Ambos começaram a andar por entre as folhas e matos. Andaram de fato por alguns minutos, até que chegaram em um grande riacho cristalino e uma cachoeira que exalava um cheiro de naturalidade, como se água fosse tão pura quanto qualquer outra.

O velho se locomoveu com dificuldade até sentar em uma pedra, ofegando um pouco devido a idade.

— Me diga moleque, tu és fiel a sua bondade?

Ver perfil do usuário

84 Re: Estábulos de Hyacinth em Ter Dez 30, 2014 3:45 am

O garoto apenas seguia o homem calado e observando o caminho, de certo se admirou quando chegou ao local que era certamente gracioso, ele percebeu o velho se sentando e então ficou observando este até que ele lhe questionou novamente, desta vez sobre sua bondade.

— Acredito que sim, é como tem sido na cidade e aventuras.

Ele se perguntava o que isso teria haver com a compra do cavalo, mas não ousou questionar nada para o velho, apenas queria dele o melhor dos cavalos e aguardava para mais um teste, então simplesmente se calou e deixou este falar a vontade, enquanto observava.

Ver perfil do usuário

85 Re: Estábulos de Hyacinth em Ter Dez 30, 2014 3:46 am

— Hum. Me de meu ouro agora. — Estendeu a mão para ele.

Ver perfil do usuário

86 Re: Estábulos de Hyacinth em Ter Dez 30, 2014 3:48 am

Chrom pegou exatas 2000 peças de ouro, colocando em um pequeno saco de ouro e então caminhou para em direção ao homem e lhe deu em mãos.

— Sim senhor, aqui está — Disse quando soltou.

Ver perfil do usuário

87 Re: Estábulos de Hyacinth em Ter Dez 30, 2014 3:53 am

O velho pegou o dinheiro, dando uma leve confiscada nas moedas, amarrou o saco e então pendurou em sua cintura.

— Sabia que um dia poderia lucrar com isso, finalmente, já estava na hora. Esse riacho vem de uma nascente abençoada. A água tem propriedades altamente regenerativas, em contar que é mortal contra seres corrompidos.

Recomendo que pegue um pouco se tiver um cantil, e beba agora. Ira se sentir renovado. Enfim. Todo o dia, exatamente neste horário, um corcel branco vem beber deste mesmo riacho. Sabe do que se trata?

Ver perfil do usuário

88 Re: Estábulos de Hyacinth em Ter Dez 30, 2014 3:59 am

Assim que o velho terminou, Chrom caminhou até o riacho e então colocou as duas mãos no rio, juntando o suficiente para beber e então o fez, deixando fluir a água por sua palma até sua boca. Pouco tempo depois ele esvaziou o cantil que carregava no cinto e então o encheu com a água benta.

— Eu acredito no senhor, bem eu não tenho ideia do que pode ser, os deuses são surpreendentes. Mas diga-me, como este será meu cavalo ?

Ver perfil do usuário

89 Re: Estábulos de Hyacinth em Ter Dez 30, 2014 4:06 am

O velho dizia enquanto se apoiava na bengala. — Se trata de um Corcel Sagrado, raros... únicos. Dizem que são cavalos de guerra pertencentes a anjos. Quem vai saber? Todo o dia eu venho aqui o observar, e se tem algo que notei: É que ele não recebe ordens de ninguém.

Porem, reza a lenda que estes mesmos corcéis podem reconhecer como donos aqueles que são abençoados. Guerreiros de coração puro.

O velho mal acabava de falar quando o corcel finalmente veio andando lentamente até o riacho, bebendo a água da nascente inocentemente.

Ver perfil do usuário

90 Re: Estábulos de Hyacinth em Ter Dez 30, 2014 4:09 am

— E então, o que eu tenho que fazer senhor ?

Chrom disse enquanto observava o lindo animal chegar ao local, estava admirado com aquilo.

Ver perfil do usuário

91 Re: Estábulos de Hyacinth em Ter Dez 30, 2014 4:13 am

— Sinceramente? Não sei. Hahahahahahaha! Isso é você quem tem que descobrir!

Ver perfil do usuário

92 Re: Estábulos de Hyacinth em Ter Dez 30, 2014 4:24 am

— Bem agora que você disse eu me lembro de algo, quando pequeno eu costumava ler alguns contos sagrados, li a historia de um grande guerreiro dos weavers que espalhou a vontade divina junto a um belo cavalo, se me lembro bem, havia uma frase que ele havia dito. Talvez funcione.

Chrom então foi se aproximando cuidadosamente do animal aos poucos, ele tomava cuidado para que não assustasse o bicho e quando próximo o suficiente, lhe permitiu permissão para tocá-lo. Quando este deixou-se ser tocado pelo garoto, o mesmo o acariciou carinhosamente no pescoço, lhe desferindo alguns tapas de leve e juntando sua cabeça junto a deles. Enquanto acariciava o animal, ele pensava no conto que havia lido em sua infância.

Sem sucesso, o garoto estava prestes a desistir quando uma voz lhe veio a mente.

"Lhe mando ao local sagrado para domar este gracioso ser, apenas o faça."

— Aquele no alto me mandou para doma-lo. — Disse de forma baixa o garoto, apenas para o animal.

Ver perfil do usuário

93 Re: Estábulos de Hyacinth em Ter Dez 30, 2014 4:29 am

O crucifixo de Chrom brilhou ascendente e então os olhos do cavalo se tornaram brancos, brilhando da mesma forma que o crucifixo. Aquilo proporcionou calafrios ao garoto, mas quando passou. O corcel o empurrava o peito, brincando com ele em demonstração de afeto.

O velho se surpreendeu com aquilo, começando então a gargalhar.

— Ahahahahahaha! Quem diria, fedelho, você conseguiu mesmo o cavalo. Eu achei que nem chegaria perto disso.

Ver perfil do usuário

94 Re: Estábulos de Hyacinth em Ter Dez 30, 2014 4:39 am

— Minhas duas mil peças de ouro teriam que valer algo. — Disse brincando o garoto para o velho. Chrom continuou acariciar o animal por alguns instantes quando se lembrou da missão do Rei. Ele então montou o animal e partiu para Innshmouth.

— Obrigado senhor! — Disse enquanto saia do local pelo caminho que fez.

Ver perfil do usuário

95 Re: Estábulos de Hyacinth em Ter Dez 30, 2014 4:45 am

— Tente não morrer, fedelho! — Riu novamente.

Ver perfil do usuário

Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo  Mensagem [Página 4 de 4]

Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum